sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Destaque: Falas emocionadas marcam abertura da V Conferência da APP

APP
(...) Mariana Dutra, da CMS, também emocionou os participantes da Conferência. Segundo ela, foi através da luta sindical, travada pelos educadores, que ela teve contato com os princípios de cidadania e organização popular. Ao se dizer honrada por ter sido convidada para compor a mesa de abertura, a estudante chorou e disse que foi o exemplo dos educadores da APP que a levaram a decidir se tornar uma professora. Ela também falou sobre a luta dos movimentos sociais, em particular a mobilização em torno do 'Plebiscito popular pelo limite da propriedade da terra', que será realizado de 1º a 7 de setembro.


Por Wil Scaliante:
Mariana Dutra é da juventude do PT de Curitiba, diretora de movimentos sociais da UPE e coordenadora da CMS. Uma pessoa super animada e engajada nos movimentos sociais. Mari, como é chamada pelos amigos é um grande exemplo de compromisso com próximo. Conheci melhor a guria na Caravana da Juventude da Coligação "A União que faz o novo amanhã". A jovem de voz fina - "tava chovendo" - gastava tempos conversando com as pessoas na rua e apresentando, não um candidato, mas sim um projeto de governo e de continuidade da transformação do país. É com esse gás e comprometimento de várias jovens como Mariana Dutra, que tenho a certeza que a juventude não é o futuro do Brasil, mas sim o presente. O destaque da semana fica com ela.



Um comentário:

Getulio Guerra disse...

Eu ía escrever que há paixão em todas as coisas que ela se envolve - igreja, dança, política, namoro.

Mas talvez seja amor mesmo, por ela e pelo próximo.

Palavras, palavras...