sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Serra detesta a imprensa e persegue jornalistas

Do blogue Conversa Afiada
http://www.conversaafiada.com.br/





quinta-feira, 2 de setembro de 2010

A culpa é de quem?

por Marina Periotto

Ainda a pouco, estava conversando com um colega de classe, pelo msn, falávamos dos bares de Maringá, alguns bons, outros ruins, enfim, acabamos entrando num assunto horroroso (pelo menos considerado assim por alguns, principalmente pelos alunos dos cursos de ciências sociais aplicadas da UEM, no caso administração): política. Na verdade, sempre evitei discutir política na sala, apenas complemento com minha opinião quando o assunto surge. Porém, quando você está ligado dos pés a cabeça com alguma coisa, é difícil separar-se dela. O fato é que, delicadamente, esse colega me pediu para não ter, ou evitar me expressar politicamente na sala, pois estou irritando alguns outros colegas, e corro o risco de virar "chacota" entre meus "amigos". Bom, da parte desse meu colega, não sei se ele fez bem ou mal em tentar me avisar, mas acho que teve boas intenções.
Contudo, se antes eu já estava pasma com as atitudes dos alunos, que fazem parte de uma universidade pública, que busca formar profissionais voltados para o desenvolvimento crítico e social, em que alunos e cursos devem ter total clareza das suas participações para que isso ocorra, agora eu estou mais do que indignada. Estou confusa.
A culpa é do curso de administração, que não abre espaços para incitar discussões que contribuam para que os alunos saiam da universidade sendo capazes de formular suas próprias opiniões, e não façam parte do senso comum. Ou a culpa é dos alunos, que anseiam por um diploma, mas não por desenvolvimento intelectual?