segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Padre da Igreja Santo Antônio desmente padre da Canção Nova

Wil Scaliante
Na semana passada o padre José Augusto, da Canção Nova, deu uma de cabo eleitoral de José Serra e ameaçou excomungar todos os cristãos que votarem na Dilma. Na missa deste domingo, na Igreja Santo Antônio, na cidade de Maringá, o padre da paróquia pediu 5 minutos da atenção dos fiéis para falar deste tema. O padre repudiou a atitude de José Augusto e afirmou que a igreja não irá excomungar ninguém.
O padre pediu para os cristãos tirarem a Igreja desse "rolo" e que cada um deve votar em quem quiser. Lembrou também que José Serra foi quem assinou e institui o aborto no Brasil em alguns casos, como estupro e e risco de vida a mulher, explicou ainda aos fiéis que a Igreja é contra o aborto em qualquer caso. De acordo com ele a responsabilidade do voto é todos, e Igreja não deve e não vai interferir ou fazer campanha para alguém, o que José Augusto disse não é a opinião da Igreja. "A atitude de José Augusto fez com que a CNBB emitisse nota de repúdio. A igreja não está dizendo a vocês em quem não votar. O que José Augusto disse não é a opinião da igreja". O padre lembrou que outros temas têm de ser analisados além do aborto, já que neste caso "é o sujo falando do mal lavado", e enfatizou que Serra e Dilma defendem ou já defenderam o aborto.

Saiba mais: IG - "CNBB condena uso eleitoral da fé cristã contra candidatos"

Nenhum comentário: