quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Quase 100 anos de Nelson Cavaquinho

Wil Scaliante
Em 2010 o samba foi destaque com o centenário do poeta da vila, Noel Rosa e do boêmio das tardes, Adoniran Barbosa. Em 2011 é a vez de Nelson Cavaquinho, se ele estivesse vivo completaria 100 anos em 29 de outubro do ano que se aproxima.
Para aqueles que acham que o samba morreu, a nova geração é muito bem representada por Diogo Nogueira, além de uma série de artistas que relembram o samba e dão uma nova roupagem a este ritimo que tanto marca nosso país.
E pra relembrar, no carnaval de Nelson Cavaquinho, o pandeiro tocava não só para os malandros mas também para os palhaços.

Palhaço - Nelson Cavaquinho

Sei que é doloroso um palhaço
Se afastar do palco por alguém
Volta, que a platéia te reclama
Sei que choras palhaço
Por alguém que não lhe ama
Enxuga os olhos e me dá um abraço
Não te esqueças, que és um palhaço
Faça a platéia gargalhar
Um palhaço não deve chorar

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Foi Quércia

Wil Scaliante
Um vídeo em homenagem ao ex-governador de São Paulo, Oreste Quércia, que morreu nesta semana passada devido um câncer de próstata.
No programa Roda Viva, na TV Cultura em 1994, Quércia mostrou como era equilibrado ao discutir com Rui Xavier.

sábado, 25 de dezembro de 2010

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Emar, afinal o que querem as mulheres?

Wil Scaliante
O Maringá Maringá, lembrou que o companheiro Emar, que também escreve neste blog, pode ser visto na propaganda em flash do Sicred no site do O Diario. Emar é um mito das redes sociais e web, além de suas várias comunidades no orkut, agora ele partiu para a TV. Emar, afinal o que querem as mulheres?

Pra cima deles Santos

Wil Scaliante
Com o vai e vem do mercado da bola, os time correm atrás de reforços para a temporada 2011. E o Santos já se destaca nesse fim de ano.
O Goleiro Aranha (Atlético-MG) e o meia Elano (Galatasary) já assinaram pelo alve negro praiano. O Peixe busca pelo menos mais um lateral direito, um volante, um meia e um atacante.
Para a lateral, Jonathan (Cruzeiro) é o principal nome, o atleta disse que quer jogar pelo Santos e as negociações correm com o Cruzeiro. Léo Moura também foi cogitado, mas a contratação ficou complicada, graças aos assédios de outros times, incluindo o próprio Flamengo que quer continuar com o jogador.
Para o meio, Valdívia, que está desconte com o Palmeiras, interessa. Mas, favorito é Zé Roberto (Hamburgo-Ale), que já jogou pela equipe e é querido pela torcida.
A lista dos volantes é longa, Williams (Flamengo), Lucas (Liverpool), Anderson (Manchester United), Marcos Assunção (Palmeiras), Fabricio (Cruzeiro) e Charles (Lokomotiv Moscou). O nome mais próximo é Charles, que está contundido e deve se transferir e fazer o tratamento no time da Vila.
O grande problema é o ataque, até agora não há sinais positivos de quem jogará ao lado de Neymar, o Peixe especula o boliviano Marcelo Moreno (Shaktar Donetsk) e Guilherme (Dínamo Kiev), os dois jogaram juntos no Cruzeiro e interessam ao Santos. Porém, até agora não houve nenhum avanço significativo para a contratação, caso ninguém venha para o ataque, o Santos conta ainda com Zé Love, Maikon Leite, Keirison e o jovem Felipe Anderson, que fez dupla com Neymar nas divisões de base.
Dentre as saídas, Marquinhos foi liberado por empréstimo e volta ao Avaí, Madson também foi emprestado para Atlético Paranaense. Com os dois jogadores fora do Santos em 2011, o meio campo da equipe fica desfalcado, exigindo reforços de peso para a posição. Além de Elano e Paulo Henrique Ganço, Alan Patrick pode ser bem aproveitado, a questão é que faltam jogadores de qualidade no banco da equipe. Outra saída foi a do atacante Marcel, que agora está Vasco, a torcido aprovou a venda do jogador.
O presidente Luis Alváro, fala de mais jogador de seleção na equipe, o nome de Ronaldinho Gaúcho foi cotado, porém o jogador está próximo de ser emprestado ao Grêmio de Porto Alegre. A torcida gaúcha já está êxtase com possível vinda do craque. Porém os gremistas podem sonhar com Ronaldinho e acordar com Douglas, vamos ver no que dará.
O maior nome anunciado é no futebol feminimo, a melhor jogadora do mundo está de volta, Marta fica no Santos por pelo menos 3 meses. Se fosse possível ela certamente teria lugar no time masculino, e seria uma ótima opção no banco para a Libertadores.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Carro da Jovem Pan caindo do 5º andar

Wil Scaliante
Achei o vídeo no site do O Diário, o mais engraçado é que tem um outro motorista na rua, dai ele vê o carro caindo e depois sai correndo.

Irmã de Chico, Ana Hollanda assume Ministério da Cultura

Wil Scaliante

Filha do historiador Sérgio Buarque de Holanda e irmã do cantor Chico Buarque, Ana Maria Buarque de Hollanda foi escolhida pela presidente eleita, Dilma Rousseff, para comandar o Ministério da Cultura.
Ela trabalhou no Centro Cultural São Paulo, da Secretaria Municipal de São Paulo, de 1982 a 1985, e chefiou o setor de música do órgão. Foi também Secretária de Cultura do Município de Osasco, entre 1986 e 1988, e diretora do Centro de Música da Funarte, entre 2003 e 2007.

Senadores

Wil Scaliante
A enquete realizada no blog do Rafael Crozzati, apontou Alváro Dias como o melhor senador do estado. Evidente que o resultado expressa a opinião dos leitores dele. Resolvi fazer a mesma enquete.
Para relembrar:
Alváro foi eleito em 2006 com 2.572.481 votos
Gleisi atingiu a marca de 3.196.468 votos em 2010
Requião em 2010 fez 2.691.557.

Dois em um

Retirado de O Diário
Hoje o trânsito de Maringá está inacreditável, duas notícias, que vão de um facão até um carro da Joven Pan caindo do 5º andar.
O Diário: Condutor ameaça PM com um facão e acaba baleado em Maringá.
O Diário: Carro despenca de estacionamento de prédio a 15 metros de altura em Maringá.

domingo, 19 de dezembro de 2010

Lula marcará pedra fundamental da sede da UNE na segunda no RJ

Do Vermelho:
Na próxima segunda-feira, dia 20, às 16h, o presidente Lula visitará o terreno da antiga sede da UNE e da UBES, na Praia do Flamengo, 132, no Rio de Janeiro. Lula participará do ato de lançamento da pedra fundamental que dará início à construção do novo prédio das entidades estudantis.
O presidente estará acompanhado do governador do Rio, Sérgio Cabral, e do prefeito Eduardo Paes. Oscar Niemeyer, que completou 103 anos, também deve estar presente. O arquiteto assina o projeto da nova sede a ser construída.

Dois lados

Wil Scaliante
Do lado de cá: pra quem escuta sertanejo universitário, apresento uma nova dupla: João Henrique e Guilherme Ribeiro. Os dois são de Loanda e os conheço muito bem, fiquei surpreso com as músicas deles tem tudo para estourar. Palco MP3 da dupla.
Do lado de lá: pra quem não gosta do sertanejo universitário, uma bela paródia do Marcelo Adnet sobre o tema.

Do Maringá Maringá

Wil Scaliante
Copiei o post do Rafa C. no Maringá Maringá. Não preciso dizer que é bom, pois se fosse ruim não tinha copiado.

Vi no Edson Lima:
“Daqui a pouco, às 15h30, fiscais da prefeitura e agentes da Guarda Municipal vão pegar os ambulantes que vendem produtos piratas no centro de Maringá.”
Fiquei confuso no início, pois que tipo de batida é essa que avisam antes? Porra, assim os ambulantes vão fugir!
Mas quando parei pra pensar, e lembrei da eficácia da Guarda Municipal em pegar ambulantes, conclui que eles só querem evitar o constrangimento.

Fim de ano em Planaltina: baixas vendas e prefeitura ainda não pagou 13º

Em Planaltina do Paraná, cidade localizada no noroeste do estado, o comércio nesse fim de ano sofre com a falta de consumidores. O Natal que prometia ser melhor que o do ano passado, estimulou os comerciantes a fazerem comprar para o fim de ano, que agora estão encalhadas nas prateleiras.
De acordo com alguns comerciantes as baixas vendas tem relação direta com a prefeitura da cidade que não pagou o 13º para os funcionários. Há boatos que a prefeitura está sem recurso para fazer esse pagamento. Se isso realmente for verdade é evidente a incompetência dos administradores municipais que tiveram o ano todo para planejar as finanças e organizar o orçamento. Como a cidade é pequena, a economia municipal também depende dos salários emitidos pela prefeitura, em 2004 a população da cidade era de 4.093 habtantes.
A esperança dos lojista é que nessa ultima semana as vendas melhorem com o pagamento do 13º nas farinheiras e matadouros. Para se ter uma idéia de como a situação é negativa, o comércio não está abrindo após as 18 horas, pois não tem consumidores e os proprietários teriam mais gastos com hora extra para os funcionários.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Plenária avalia pré-candidatura de Dr. Rosinha a prefeito de Curitiba

O coletivo do deputado federal Dr. Rosinha (PT-PR) realiza no próximo dia 18 de dezembro, sábado, uma plenária do mandato em Curitiba.
Convocada para as 14 horas na sede do Sindicato dos Trabalhadores nos Correios do Paraná (Sintcom-PR), no bairro Rebouças, a plenária irá definir as prioridades da atuação do mandato de Dr. Rosinha para os próximos anos.
Um dos pontos em pauta é a possibilidade de lançamento do nome de Dr. Rosinha como pré-candidato a prefeito de Curitiba pelo Partido dos Trabalhadores em 2012.
“O PT de Curitiba, que no começo da década já esteve muito perto de uma vitória eleitoral, precisa construir uma candidatura competitiva e de esquerda para disputar a prefeitura daqui a dois anos”, avalia Dr. Rosinha. “Eu me considero em condições para liderar esse processo. Coloco meu nome à disposição do partido.”
A plenária reunirá apoiadores da capital e do interior, militantes e simpatizantes ao PT, dirigentes sindicais, do partido e representantes de movimentos sociais.
No encontro, também serão abordados o último processo eleitoral, além de temas ligadas à conjuntura política estadual, nacional e internacional.


Deputados sentam em cima da Economia Solidária

Forma de inclusão social que virou tema da Campanha da Fraternidade corre o risco de continuar sem política pública no Paraná.

No ano em que a Campanha da Fraternidade tem como tema a economia solidária, sob o lema “Economia e Vida”, o projeto de lei que institui uma política pública de estímulo a essa forma de inclusão social corre o risco de ser arquivado no Paraná, deixando de beneficiar dezenas de milhares de trabalhadores. A proposta, que foi enviada à Assembléia Legislativa pelo governador Orlando Pessuti no dia 15 de junho, já havia sido aprovada por unanimidade em primeira discussão antes das eleições, mas foi retirada de pauta por 10 sessões, no dia 5 de outubro, a pedido do líder da oposição, deputado Élio Rusch (DEM).
 O parlamentar alega que a matéria deveria ser analisada pela equipe de transição, já que caberá ao novo governo a implantação da política. Mas as 10 sessões já se passaram e o projeto ainda não retornou à pauta.
 Aprovado por 20 votos a 12, o requerimento de Rusch foi contestado pelos deputados Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), Elton Werter (PT), Tadeu Veneri (PT) e Caíto Quintana (PMDB), líder do atual governo. Elaborado a partir da 3.ª Conferência Estadual de Economia Solidária, com mais de 500 participantes entre empreendedores, apoiadores e gestores públicos, o projeto de lei 302/10 beneficia a população de baixa renda, principalmente as pessoas envolvidas na coleta e reciclagem de papel e lixo, retirando-as mais facilmente da informalidade. Para promover a economia solidária, a proposta estimula o desenvolvimento de grupos organizados para a autogestão, visando à integração no mercado e à auto-sustentabilidade de suas atividades. Prevê ainda apoio à inovação, à incorporação de tecnologia e conhecimento agregado, à pesquisa e à capacitação.
 Para se enquadrar no projeto, os empreendimentos devem atender a diversos requisitos, tais como produção e comercialização coletivas, salubridade e segurança no trabalho, proteção ambiental e não uso de mão de obra infantil. Incluem-se nessa definição empresas de autogestão, cooperativas, associações, pequenos produtores rurais e urbanos organizados coletivamente, grupos de produção ou que trabalhem em rede, abrangendo a cadeia produtiva, desde a produção de insumos até a comercialização final dos produtos.
 O primeiro projeto de lei para instituir o fomento à economia solidária no Paraná foi apresentado em 2006 pelo então deputado Hermes Fonseca (PT), mas foi arquivado. Em 2007, o deputado Tadeu Veneri (PT) apresentou proposta semelhante, que também acabou arquivada. Neste ano, o Fórum Paranaense de Economia Solidária encaminhou o atual projeto ao secretário do Trabalho, Emprego e Promoção Social, Tércio Albuquerque. Por mensagem do governador, a proposta foi apresentada à Assembléia Legislativa.
Para o movimento, a aprovação do projeto seria um bom motivo para festejar o Dia da Economia Solidária, comemorado na próxima quarta-feira (15). Segundo Maria de Fátima Costamilan, secretária executiva do Fórum, a proposta beneficia uma população carente de políticas públicas. “Hoje há apenas programas e ações pontuais”, afirma. “Se não implantar a política de fomento à economia solidária, o novo governo vai excluir uma parcela significativa dos trabalhadores.” Para ressaltar a urgência da implantação dessa política, o secretário regional da Cáritas Paraná, Mário Santos, cita uma frase do sociólogo Herbert de Souza, o Betinho (1935-1997): “Quem tem fome tem pressa”.
 Em 2005, o Ministério do Trabalho identificou pelo menos 808 empreendimentos econômicos solidários, com 49 mil trabalhadores, mas o órgão admite que o número real deve ser bem maior. Novo censo, que ainda está em curso, já entrevistou 1.500 empreendedores. “Pouquíssimos estão formalizados, no máximo 10%”, explica Maria de Fátima.
Para o Fórum, como o projeto é de iniciativa do atual governo, a última chance de aprovação é na atual legislatura. Caso a matéria seja arquivada, o grupo promete coletar assinaturas para reapresentá-la, desta vez como um projeto de lei de iniciativa popular.