terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Um salve para o sebo

Wil Scaliante
Na tarde de hoje, fui ao sebo no centro de Maringá. Fiquei alguns minutos fuçando nas prateleiras e saí de lá com três livros. Comprei "O Princípe, de Maquiavel", livro que comecei a leitura em 2009, mas não conclui devido as atividades acadêmicas. Levei também, "O Rei do Rock, de Luis Fernando Verissimo", na verdade estava a procura do "Grande Mentecapto", obra que li em 2005 quando ainda estava no colegial. E por fim, minha última escolha foi "Rota 66, de Caco Barcelos".
Rota 66 fala sobre a polícia que mata, em São Paulo. O livro foi publicado em 1992, depois de 8 anos de investigação e pesquisa. O jornalista denunciou 4.200 jovens, maioria pobre, mortos pela polícia. Após a publicação, Caco passou anos como correspondente da Rede Globo na Inglaterra, graças à ameaças de polícias de alta patente da PM.
O melhor de tudo é que os três livros me custaram apenas 20 reais.

Nenhum comentário: